1535

Prefeitura Municipal de Araci

Pular para o conteúdo
Última atualização:
|
Prefeitura Municipal de
Araci



Página Dengue Araci-BA 2024


Tenha acesso aqui as ações feitas pela Prefeitura de Araci-BA.

  • 1. Dengue - O que é?

    A Dengue é um dos principais problemas de Saúde Pública no mundo. É uma das mais relevantes arboviroses que atingem os países de clima tropical. Tendo o Brasil essa característica, a dengue é uma das doenças de maior incidência em nosso pais, atingindo todos os estados, independente da classe social. O mosquito Aedes aegypti é o mais importante vetor da dengue devido a sua alta antropofilia, domiciliação e ampla distribuição geográfica.


  • 1.2 Sintomas e Atendimento

    Todo indivíduo que apresentar febre (39°C a 40°C) de início repentino e apresentar pelo menos duas das seguintes manifestações - dor de cabeça, prostração, dores musculares e/ou articulares e dor atrás dos olhos – deve procurar imediatamente um serviço de saúde, a fim de obter tratamento oportuno. No entanto, após o período febril deve-se ficar atento. Com o declínio da febre (entre 3° e o 7° dia do início da doença), sinais de alarme podem estar presentes e marcar o início da piora no indivíduo. Esses sinais indicam o extravasamento de plasma dos vasos sanguíneos e/ou hemorragias, sendo assim caracterizados:
    • Dor abdominal (dor na barriga) intensa e contínua;
    • Vômitos persistentes;
    • Acúmulo de líquidos em cavidades corporais (ascite, derrame pleural, derrame pericárdico);
    • Hipotensão postural e/ou lipotímia;
    • Letargia e/ou irritabilidade;
    • Aumento do tamanho do fígado (hepatomegalia) > 2cm;
    • Sangramento de mucosa; e
    • Aumento progressivo do hematócrito.


  • 1.3 Tipos de Dengue

    Os vírus dengue (DENV) estão classificados cientificamente na família Flaviviridae e no gênero Flavivirus. Até o momento são conhecidos quatro sorotipos – DENV-1, DENV-2, DENV-3 e DENV-4, que apresentam distintos materiais genéticos e linhagens.


  • 1.4 Prevenção

    É importante entender que ao adotar medidas de controle ao vetor após a introdução de um ou mais sorotipos novos do vírus da dengue, a possibilidade de se interromper a transmissão é reduzida, uma vez que há elevada densidade vetorial. Além disso, o tempo que decorre até a redução das populações de Aedes aegypti é muito maior que a velocidade de circulação viral, pois nessas circunstâncias a população sob risco é de suscetíveis. Quando a epidemia se instala, esta segue seu curso e as ações de controle vetorial mostram pouca ou nenhuma efetividade. Muitas das vezes, a redução do número de pessoas que adoecem ocorre "naturalmente", mais em função da imunidade de grupo que vai se estabelecendo do que pelos resultados obtidos com as ações de controle estabelecidas.

    Portanto, em períodos fora da sazonalidade da doença é que ações preventivas devem ser adotadas. É o momento ideal para manutenção de medidas que visem impedir epidemias futuras. Nesse sentido, além das ações realizada pelos agentes de saúde, a população deve fazer a sua parte:
    • Uso de telas nas janelas e repelentes em áreas de reconhecida transmissão;
    • Remoção de recipientes nos domicílios que possam se transformar em criadouros de mosquitos;
    • Vedação dos reservatórios e caixas de água;
    • Desobstrução de calhas, lajes e ralos;
    • Participação na fiscalização das ações de prevenção e controle da dengue executadas pelo Sistema Único de Saúde (SUS).


  • 1.5 Plano de Contingência à reintrodução das arboviroses, chikungunya, dengue e zika

    PLANO PLANO DE CONTINGÊNCIA À REINTRODUÇÃO DAS ARBOVIROSES CHIKUNGUNYA, DENGUE E ZIKA.pdf

  • 2. Boletins - Acompanhamento das notificações

    Consolidado Consolidado (1).pdf

  • 2.1 Capacitações - Atenção Primária à Saúde (28/02/2024)

    Segue a lista de frequência, fotos da capacitação e material da apresentação da capacitação


  • 2.2 Lista de frequência da capacitação

    Lista Lista de Frequência Capacitação arbovirose 1.jpeg

    Lista Lista de Freuquência Capacitação arbovirose 2.jpeg

  • 2.3 Fotos da Capacitação

    Capacitação Capacitação arbovirose (1).jpeg

    Capacitação Capacitação arbovirose (2).jpeg

    Capacitação Capacitação arbovirose (3).jpeg

    Capacitação Capacitação arbovirose (4).jpeg

  • 2.4 Material de apresentação da capacitação

    Material Material da Apresentac¸a~o capacitação.pdf

  • 3.Divulgação de campanha da dengue (prevenção)

    Segue as ações de divulgação sobre a campanha da dengue


  • 3.1 Vinhetas e Mídia

    Vinheta024-04-16 at 17.22.13.mpeg

  • 3.2 Cards de divulgação

    Card Card Dengue 1.jpeg

    Card Card Dengue 2.jpeg

    Card Card Dengue 3.jpeg

    Card Card Dengue 4.jpeg

    Card Card Dengue 5.jpeg

  • 4. Fluxograma

    Fluxograma.pdf Fluxograma.pdf

  • 5. Escalas

    Segue as escalas de diversos setores


  • 5.1 Fevereiro/2024

    ESCALA ESCALA enfermagem hospital FEVEREIRO 2024.pdf

    ESCALA ESCALA DIARIA Feveiro 2024 UPA (2).pdf

    ESCALA ESCALA TECNICOS Fevereiro- 2024 UPA (2).pdf

    Escala Escala medica Fev Hospital.jpeg

  • 5.2 Março/2024

    ESCALA ESCALA enfermagem hospital MARCO 2024 (2).pdf

    ESCALA ESCALA DIARIA MARÇO 2024 UPA (1).pdf

    ESCALA ESCALA TECNICOS Março- 2024 UPA (3).pdf

    Escala Escala médica Março UPA.jpeg

    Escala Escala Médica março Hospital.jpeg

  • 5.3 Abril/2024

    Escala Escala enfermagem hospital abril.pdf

    ESCALA ESCALA DIARIA ABRIL 2024 UPA (3).pdf

    Escala Escala médica UPA ABRIL 2024.pdf

    ESCALA ESCALA TECNICOS ABRIL- 2024 UPA (1).pdf

    Escala Escala médica Abril Hospital.jpeg

  • 6.Atas

    Segue as Atas feitas com discussões voltadas para dengue


  • 6.1 Comitê Intersetorial no combate às arboviroses

    Lista Lista de presença reunião do comite.jpeg

    Foto Foto Reunião Comitê.jpeg

    Foto Foto Reunião Comitê (2).jpeg

  • 6.2 Atas Reunião de Gestão

    Ata Ata reuniões de gestão.pdf

  • 6.3 Atas da reuniões de equipe PSE

    Segue as atas com as fotos referente as reuniões de equipe PSE


  • USF Barbosa

    Usf Usf Barbosa (3).jpeg

    Usf Usf Barbosa (2).jpeg

    Usf Usf Barbosa.jpeg

  • USF Barreira

    Usf Usf Barreira (2).jpeg

    Usf Usf Barreira.jpeg

  • USF Caldeirão

    Usf Usf Caldeirão (2).jpeg

    Usf Usf Caldeirão.jpeg

  • USF Cascalheira

    Usf Usf Cascalheira.jpeg

  • USF Coqueiro

    Usf Usf Coqueiro.jpeg

  • USF João Vieira

    Usf Usf João Vieira.jpeg

  • USF Lagoa do Boi

    Usf Usf Lagoa do boi.jpeg

  • USF Pedra Alta

    Usf Usf Pedra Alta (3).jpeg

    Usf Usf Pedra Alta (4).jpeg

    Usf Usf Pedra Alta.jpeg

    Usf Usf Pedra Alta (2).jpeg

  • USF Ribeira

    Usf Usf Ribeira.jpeg

  • USF Riacho

    Usf Usf Ricaho.jpeg

  • USF Rufino

    Usf Usf Rufino.jpeg

  • USF Serra Branca

    Usf Usf Serra Branca.jpeg

  • USF Tapuio

    Usf Usf Tapuio.jpeg

  • USF Tiracolo

    Usf Usf Tiracolo.jpeg

    Usf Usf Tiracolo (2).jpeg

  • USF Varzea

    Usf Usf Varzea (2).jpeg

    Usf Usf Varzea.jpeg

  • 7. Ações de Combate a dengue

    Segue as diversas ações feitas de combate a dengue.


  • 7.1 Ações PSE

    Ação Ação PSE (1).jpeg

    Ação Ação PSE (2).jpeg

    Ação Ação PSE (3).jpeg

    Ação Ação PSE (4).jpeg

    AÇÕES AÇÕES PSE COM AGENTES DE ENDEMIAS (1).jpeg

    AÇÕES AÇÕES PSE COM AGENTES DE ENDEMIAS (5).jpeg

    AÇÕES AÇÕES PSE COM AGENTES DE ENDEMIAS (6).jpeg

  • 7.2 Fotos das ações com bomba costal

    Foto Foto divulgação Ação de bloqueio.jpeg

    Fotos Fotos ações de bloqueio (1).jpeg

    Fotos Fotos ações de bloqueio (3).jpeg

    Fotos Fotos ações de bloqueio (4).jpeg

    Fotos Fotos ações de bloqueio (5).jpeg

    Fotos Fotos ações de bloqueio (6).jpeg

    Fotos Fotos ações de bloqueio (7).jpeg

    Fotos Fotos ações de bloqueio (8).jpeg

    Fotos Fotos ações de bloqueio (9).jpeg

    Fotos Fotos ações de bloqueio (10).jpeg

    Fotos Fotos ações de bloqueio (11).jpeg

  • 7.3 Fotos das Ações de Recolhimento dos pneus

    Foto Foto ação recolhimento dos pneus (1).jpeg

    Foto Foto ação recolhimento dos pneus (2).jpeg

    Foto Foto ação recolhimento dos pneus (3).jpeg

    Foto Foto ação recolhimento dos pneus (4).jpeg

    Foto Foto ação recolhimento dos pneus (5).jpeg

  • 8. Cronograma Faxinaço

    CRONOGRAMA CRONOGRAMA FAXINAÇO.pdf

    CRONOGRAMA CRONOGRAMA CARRO DE SOM FAXINAÇO.pdf

  • 9. Despesas

    Segue as despesas referente a dengue


  • 9.1 Nota Fiscal poltronas e equipamentos UPA

    NOTAS NOTAS FISCAIS (1).jpeg

    NOTAS NOTAS FISCAIS (2).jpeg

    NOTAS NOTAS FISCAIS (7).jpeg

    NOTAS NOTAS FISCAIS (8).jpeg

    NOTAS NOTAS FISCAIS (9).jpeg

    NOTAS NOTAS FISCAIS (10).jpeg

    NOTAS NOTAS FISCAIS (11).jpeg

    NOTAS NOTAS FISCAIS (12).jpeg

    NOTAS NOTAS FISCAIS (13).jpeg

    NOTAS NOTAS FISCAIS (14).jpeg

    NOTAS NOTAS FISCAIS (15).jpeg

    NOTAS NOTAS FISCAIS (16).jpeg

  • 10. Documentos Adicionais

    Ata Ata da primeira reuniao do Comite intersetorial das arboviroses.pdf

  • 11. Atualizações

    xxx