1535

Prefeitura Municipal de Araci

Pular para o conteúdo

Programas

Nesta seção o cidadão encontra à implementação, acompanhamento e resultados dos programas, projetos e ações dos órgãos e entidades públicas, bem como metas e indicadores propostos

Utilize o(s) campo(s) abaixo para pesquisar

Foram encontrados 227 resultados para a pesquisa.

Programa Garantia Safra

Responsável: Secretaria de Agricultura , Meio Ambiente e Recursos Hídricos

Metas: Ajudar aos agricultores a minimizarem os danos causados pela seca no município.

Indicadores: Já são 2.800 agricultores cadastrados no Programa Garantia Safra.

Resultados: Já são 2.800 agricultores cadastrados no Programa Garantia Safra. Em 2013, 2.623 agricultores receberam o boleto do seguro na Secretária de Agricultura do Município para pagar sua taxa de adesão, que custa apenas R$4,75. O agricultor que pagar o boleto para aderir ao seguro do ano, uma vez constatada a perda total da safra, receberá R$ 760,00 divididos em parcelas. Durante o ano, novos cadastros serão feitos para minimizar os danos causados pela seca no município.

Implantação de rede de água

Responsável: Secretaria de Agricultura , Meio Ambiente e Recursos Hídricos

Metas: Expandir a rede de água nas comunidades

Indicadores: Implantação de dezenove mil e seiscentos metros de rede de água em parceria com a Embasa para as comunidades de Jacu, Cortiço, Terra vermelha e Queimada Grande I.

Resultados: Água de qualidade chegando nas comunidades

CAPACITAÇÃO DOS ENFERMEIROS DO PROGRAMA DE SAÚDE DA FAMÍLIA- ARACI/BAHIA

Responsável: Secretaria de Saúde

Metas: 1. Implantar novas práticas de Gestão e de prestação de serviços de forma a melhorar a eficiência do Sistema Municipal de Saúde de Araci; 2. Aprimorar as práticas do Atendimento humanizado por parte dos Agentes comunitários de Saúde; 3. Implementar/Aprimorar no Município de ARACI os princípios de Valorização da Educação Permanente/Educação Continuado; 4. Implementar/Aprimorar no Município de Araci os Princípios estabelecidos pelo Programa A Portaria nº 648/GM de 28 de Março de 2006 estabelece as atribuições dos Enfermeiros, entre elas se destacam as ações desenvolvidas que busquem a integração entre a equipe de saúde e a população, o processo de estar em contato permanente com os Agentes Comunitários e as famílias desenvolvendo ações educativas, visando à promoção da saúde e a prevenção das doenças de acordo com o planejamento da equipe, É através do Enfermeiro que a Coordenação de Atenção Básica obtém as informações sobre o desenvolvimento dos serviços ofertados, desenvolvimento da equipe, dos ACS e sobre os usuários de cada área, realizando assim levantamento a cerca dos problemas de saúde e as situações de risco das famílias e da região de abrangência de cada unidade. Contudo, considerando a pluralidade de valores de conhecimentos agregados à formação Enfermeiros, pode-se constatar que ainda apresenta resquícios fortes de reprodução de práticas do modelo assistencialista em saúde, portanto, Várias são as indagações acerca de como o Enfermeiro pode realizar suas ações de forma efetiva tornando-se um elo ativo entre a comunidade e as equipes de saúde, com oferta de atendimento Humanizado e resolutivo. Sabemos que a Gestão Municipal em Saúde de Araci vem investido na construção e adoção de estratégias de implantação / implementação de uma Política de Saúde centrada no modelo de Atenção que objetiva a eficiência na procura de implementar ações voltadas para garantir de forma efetiva a prestação dos serviços de saúde. Foi pensando nisto que montamos o Curso de Capacitação para os Enfermeiros que atuam nas Unidades de Saúde da Família e estamos propondo a Gestão Municipal em Saúde do Município de Araci investimento em capacitação para estes profissionais, objetivando a construção e adoção de estratégias de implantação / implementação de uma Política de Saúde centrada no modelo de Atenção que objetiva a eficiência na procura de implementar ações voltadas para garantir de forma efetiva a prestação dos serviços de saúde. Assim a presente capacitação visa reorientar a prestação da Assistência a Saúde, nos PSF quanto à releitura técnica das áreas programáticas que compõem a Atenção nas vertentes de: Promoção, Prevenção e Recuperação da Saúde.

Indicadores: Diretriz do Plano Municipal de saúde de Saúde ?Contribuir para a adequada formação, alocação, qualificação, valorização e democratização das relações de trabalho dos profissionais e trabalhadores da saúde? A Educação Permanente em Saúde considera o processo de trabalho como centro valorizado de ensino-aprendizagem e a transformação do mesmo, tomando como referência as necessidades de saúde das pessoas e das populações, da gestão setorial e o controle social em saúde.

Resultados: Em processo.

PROGRAMA DE NÚCLEO DE EDUCAÇÃO PERMANENTE

Responsável: Secretaria de Saúde

Metas: Contribuir na implementação do atendimento Humanizado e eficaz prestados pelos enfermeiros do Município de Araci, fazendo-os compreender a sua importância como articuladores das Equipes de Saúde com os ACS e a comunidade, com intuito de reorientar a Assistência á Saúde como forma e de definir conjunto de ações estratégicas, visando à implementação da conquista da sistematização para a prestação da assistência, a partir das normas técnicas gerais e princípios do SUS, norteando-se a partir das peculiaridades do Sistema Municipal de Saúde e da população de Araci. ? Na proposta da educação permanente, a capacitação das equipes, os conteúdos das ações formativas, as tecnologias e metodologia a serem utilizadas devem ser determinadas a partir da observação dos problemas que ocorrem no dia a dia do trabalho e que precisam ser solucionados para que os serviços prestados ganhem qualidade, e os usuários fiquem satisfeitos com a atenção prestada. ? Transformar a formação e gestão do trabalho em saúde envolve mudanças nas relações, nos processos, nos atos de saúde e principalmente nas pessoas. São questões teco-políticas e implicam a articulação de ações para dentro e para fora das instituições de saúde. Subsidiar a organização/construção do processo de trabalho na saúde ? qualificação, autonomização - através do desenvolvimento de um novo modo de pensar-fazer crítico-reflexivo, comprometido com a busca constante do crescimento pessoal, profissional com a finalidade de prestar um serviço de qualidade ao usuário. 1. Reorganização dos Modelos Assistenciais. 2. Reestruturação das formas de intervenção educativa no interior dos diferentes serviços. 3. (Re)construção do Processo de Trabalho.

Indicadores: Em processo.

Resultados: Em processo.

ACADEMIA DA SAÚDE

Responsável: Secretaria de Saúde

Metas: Contribuir para a promoção da saúde da população a partir da implantação da Academia de Saúde, com um quadro de pessoal qualificado para a orientação de práticas corporais e atividade física e de lazer e modos de vida saudáveis.

Indicadores: Em processo.

Resultados: Os inquéritos apontam para efeitos importantes do programa nas práticas de atividade física. Além do aumento no acesso a atividades físicas de lazer, que evidenciaram diferentes padrões de utilização dos espaços urbanos, tanto na escolha das modalidades, quanto por diferenças sócio demográficas.

Informações Adicionais: Foi inaugurada na manhã do último sábado dia 07 de Maio, a Academia da Saúde de Araci. A solenidade contou com a presença do prefeito de Silva Neto, do secretário de Saúde do município, Diogo Pimentel, do secretário de Esportes e Lazer, Hidelmar Pinho de Oliveira, a vice-prefeita, Maria Betivânia e vereadores, além de outras autoridades e a população. A Academia da Saúde em Araci está localizada no Bairro Coqueiro, e é a partir de hoje um espaço totalmente voltado para o esporte e lazer. A área de 2.354 metros quadrados é composta por sala de acolhimento e área de multiuso. O local, também tem equipamentos com pranchas para prática de exercícios abdominais e barras para flexões. A obra foi construída com investimento oriundo do Governo Federal.



Total de 5 registros por página